Sobre vivências únicas: Epicentro Marizá

29 de junho de 2014

Existem lugares que nós temos o prazer e delícia de conhecer e viver, por horas, dias ou o tempo que a pessoa puder ficar. Lugares, e aí vem a Geografia - lugar trazendo o sentido de sentimento -, que fazem você agradecer por existir e agradecer ainda mais pelo mundo poder proporcionar a você poder ir nesse mesmo lugar.

Convido vocês a conhecer o Epicentro Marizá, em Tucano - BA. Antes de tudo, Epicentro significa ponto central, núcleo de acontecimento, e segundo as palavras de Marsha "Em Marizá vivenciamos o tempo orgânico, cíclico, não linear. Estes ciclos são marcados por celebrações, que vão desde pequenos momentos de reflexão a grandes festas envolvendo a vizinhança toda. As celebrações sempre marcaram a passagem do tempo na vida agrícola." - Em Marizá você vivencia muito além da natureza, você se sente conectado a ela e as pessoas. É quase mágico, se não for, já que Marsha tem poderes, ela tem.




Foto da minha câmera tirada por algum amigo amado.

Fiz uma disciplina chamada Ecopedagogia, no Centro de Ciências Biológicas, não era obrigatória, mas tive vontade de fazer muito mais pelos comentários de quem a fez de como mudou muita coisa na vida delas. E mudou na minha. Nela aprendemos a estar presentes, a ver o mundo de uma maneira mais holística, ou seja, ver em sua totalidade, levando em consideração as relações... Lá, fomos para Marizá, uma viagem longa mas que valeu cada segundo pelo que foi vivido naquele sertão baiano.



Nós!



Samis, Nessa, Vô e nossa barraca.
                          

Que pessoas tive a maravilha de conhecer mais e viver! Amisfos e inimisfos de vários cursos diferentes, quantas experiências nós tivemos. O curso de Permacultura criativa que fizemos lá durou uma semana, e que semana, natural, sem luxo mas com muito amor. Depois de Marizá todos mudam, eu tenho certeza disso. Quem tiver fobia e não consegue viver sem celular, vá pra lá pra se curar pois não tem sinal dos bons, quem acha que não vai poder "curtir", tem UM bar que fica a alguns metros do Epicentro, não tem praia, piscina, nem muita coisa de umas férias digna de capa de caderno, mas é de um crescimento que acho que nenhum hotel, pousada ou resort vai te oferecer.

Agradeço a todos que vivenciaram isso comigo e convido a quem tiver vontade conhecer esse lugar mágico.

Gratidão!

Te ofereço paz, te ofereço amor, te ofereço amizade!



Mais informações:




8 comentários:

  1. Cara, que passeio legal!
    Acredita que nunca acampei? Até tenho vontade, mas, nunca tive oportunidade.
    Ter a oportunidade de viver, nem que seja apenas um pouquinho, em algum outro lugar, faz com que vejamos o mundo realmente de uma forma diferente... É mágico, mesmo.

    Lara Torres - www.araposabranca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É demais, mulher! Quando você tiver a oportunidade não deixe de aproveitar!
      Um beijo!

      Excluir
  2. Jel, acho que preciso trocar de campus, sério mesmo! O pessoal do interior daqui é mais "fresco" que o povo do campus daí e jamais aceitariam uma viagem assim. As turmas daqui NUNCA viajam para a acampar, sempre ficamos em hotel, pousada, ou até mesmo CASAS! Vendo isso acredito que na minha graduação não cresci sob essas perspectivas :'( Grande bióloga eu sou, mas vê mesmo, viu? hahaha, beijo Jel :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAHAHA! Mas não pense que é todo mundo que aceita isso, minha turma de verdade mesmo, de Geografia, nem todo mundo teria essa abertura, eu tive mesmo foi sorte de encontrar pessoas que topassem viver isso comigo. Se tu tiver como, mulher, vai pra lá, tu ia amar de verdade.
      Um beijo!

      Excluir
  3. Jéssica, achei incrível a história que você vivenciou e veio nos contar através do blog. Realmente deve ser uma experiência e tanto conseguir ficar um pouquinho longe de celular, internet e entre outras coisas... Mas melhor ainda estar entre amigos, e novos amigos compartilhando momentos felizes com um lugar com paisagens incríveis.

    Um beijo, Ohana. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Ohana. Sabe, teu nome é igual ao de uma grande amiga minha de infância, eu adoro.
      Fico feliz que tenha lido e gostado!
      Um grande beijo!

      Excluir
  4. Obrigada pela sua visita tudo de bom www.samukatraquina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
Ontem Escrevi © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo :: design e código gabi