Não é tudo

28 de fevereiro de 2016

(via)

Há uns tempos atrás estava lendo um post que a Gabi do Teoria Criativa escreveu... Eu super entendi o que ela escreveu ali com tanta clareza, pensado para que você entenda aquilo que ela quis realmente dizer. O blog antigamente, e esse antigamente nem faz 10 anos, era um espaço para você compartilhar sua vida e escrever sobre tudo que você gostava e estava vivendo. Claro que hoje ele ainda é esse espaço, mas hoje em dia ser blogueira virou também um negócio. E pelo que vemos, um negócio bem lucrativo.

Esse ano que passou, foi inaugurada a Forever 21 aqui em Recife. Sem saber, fui ao shopping fazer algum pagamento exatamente no dia que ela iria abrir com a presença de várias blogueiras. Vi meninas gritando, empurrando todo mundo, chorando... Gente, na hora só passava pela minha cabeça a palavra: MELHORE.

Se você perguntar para algumas meninas entre seus 12, 13 ou 14 anos o que elas querem fazer da vida, elas irão dizer que querem ser blogueiras, querem viver da internet, ter um canal no Youtube com mais de 1 milhão de inscritos. Vejo blogueiras chamarem seus leitores de fãs. Será que eu perdi alguma coisa pelo caminho? 

Será que nossa vida vai se resumir a passar horas gravando e editando vídeos? Tirar mil fotos para postar aquela foto perfeita no Instagram para mostrar que a vida é perfeita e mega patrocinada?

Eu sigo e vejo essas blogueiras. Eu assisto seus vídeos. Eu aprendo muita coisa com elas, mas eu só não quero ver minhas alunas terem como objetivo de vida gravar vídeos para o Youtube e tirar foto com legenda mostrando que roupa estão usando. Claro, tem muita gente rica por aí com seus canais, e irão chegar muitos ainda que vão querer e vão conseguir ganhar muitos reais e muitos dólares com isso. 

Eu tento tirar fotos legais, quando lembro coloco onde comprei tal blusa ou vestido, compartilho o que acho que devo compartilhar. Pois eu acredito que tenho que fazer o que tanto alerto os meus alunos sobre a internet: tem coisas boas e ruins, e o que entra talvez não saia nunca mais.

Não existem duas pessoas, uma dentro e uma fora do blog. A internet não é nem nunca foi lugar pra ser tão pessoal, afinal, todo mundo pode ver e sendo público te cobrar. 

Meu blog foi feito por mim para mim, quem quiser ver e ler será muito bem-vindo. O que tiver que ser compartilhado será, mas o que for meu e somente meu continuará assim.

Um beijo.


0 comentários:

Postar um comentário

 
Ontem Escrevi © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo :: design e código gabi