A saga ruiva

17 de maio de 2016


Desde o final de dezembro me rendi a ruivice. Sempre quis ser ruiva mas nunca soube ao certo como fazer isso de uma maneira que realmente fosse dar certo. Primeiro de tudo, eu olhei um milhão de vídeos no Youtube sobre como pintar o cabelo de ruivo acobreado, sim, pois existem tipos de ruivas se é que você não sabia. O ruivo acobreado é aquele que puxa para o ruivo natural, aquele puxado para o laranjinha, como a Merida. O ruivo pode ficar de vários tons dependendo da luz que você está, mas acho lindo quando ele está começando a desbotar... Fica ainda mais parecido com o natural.



Agora tem uma coisa: pintar o cabelo exige cuidado e dinheiro. Para manter o cabelo sempre com uma cor bonita, é necessário estar sempre tonalizando. Eu pintei meu cabelo inteiro (raiz e comprimento) 4 vezes antes de pintar só raiz e tonalizar o comprimento. Meu cabelo é bastante escuro e precisou de mais tempo para abrir o tom pois eu não queria descolorir. A tintura já agride demais os fios, uma descoloração não ajudaria em nada.

O QUE USO PARA PINTAR:
  • 2 tubos de tinha Igora (8.77)
  • Loção reveladora (OX) de 20 volumes
  • Mix cobre Igora (0.77)
  • Creme hidratante branco (qualquer marca)



Após pintar os cabelos 4 vezes, ele chegou a ficar bastante seco e sem brilho, causa da forte agressão que a tintura faz. Por isso, comecei a tonalizar o comprimento misturando o que resta da própria tinta com um pouco de creme branco, transformando em uma hidratação. Eu passo em todo o cabelo (inclusive na raiz que já pintei antes com a mistura da tinta + ox + mix) e espero em média 25 minutos ou um pouco mais. O cabelo ficou outro depois que comecei a fazer isso. Quem me deu essa dica foi a ruiva cacheada Daianne Possoly, que eu adoro. 



AQUELA VIDA NA COR:
Também comprei para usar durante o tempo entre as pinturas o PINGA LOLA para cabelos coloridos e o queridinho GAROTA VENENO. Gente, o GV realmente tonaliza, eu só usei uma vez e na vez que usei ele segurou muito bem o tom. Misturei com creme branco também pois acho que ele fica muito forte puro, mas vou fazer o teste depois pra ver como fica ele sozinho. Ele deixa o cabelo bem hidratado também, e ele dura horrores com esse potão de 1 kg.


SOBRANCELHAS:
Na primeira vez que pintei, também tonalizei as sobrancelhas com a própria mistura de tinta que usei nos cabelos, porém minha designer Isabella, do Spa das Sobrancelhas, me disse que esse procedimento enfraquece os fios, então tive que procurar outra alternativa para harmonizar cabelo e sobrancelhas de uma maneira que ficasse tudo ok.

Para as sobrancelhas eu uso o pó da VULT na cor 6 e um pincel chanfrado para fazer a correção. Fica perfeito e parece até que eu pintei. 




Bem, o post hoje foi grande mas queria muito fazer isso. Eu também pesquisei muito antes de me aventurar no ruivo. Quem sabe se mudo novamente por agora, ou passo mais um tempo. Mas estou amando ser ruiva. Isso eu tenho certeza.


DICA IMPORTANTE ANTES DE TUDO: se você for pintar pela primeira vez, faça o teste e veja se você precisa pintar primeiro o comprimento para depois pintar a raiz. A raiz por estar no topo da cabeça tende a esquentar mais, por isso, ela irá abrir mais do que o comprimento e vai ficar muito estranho no começo. Mas tenha paciência, que você vai conseguir chegar no tom que você quer. Só tenha paciência e pesquise muito. Vai dar certo. :)



1 comentários:

  1. eu fazia o mesmo procedimento, mas mudei para a majirel, seu cabelo ta lindo!!
    você é de Recife? seu rosto não me é nada estranho
    ;*

    Blog Lazy Days✿

    ResponderExcluir

 
Ontem Escrevi © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo :: design e código gabi